Trabalhadores poderão fazer o saque de cada conta que possuírem no FGTS, sejam ativas ou inativas, do emprego atual ou dos anteriores.

Setembro começa com a promessa de um dinheiro a mais no bolso para alguns. É o mês da liberação do saque imediato do FGTS, conforme programação da Caixa Econômica Federal. Seguindo o cronograma do banco, os saques começam no próximo dia 13. Porém, apenas para aqueles que têm conta poupança na própria Caixa. Para os que não têm conta, o saque está previsto para começar no dia 18.

Nesse caso, o valor será depositado automaticamente na conta. No entanto, que não deseja fazer a retirada dos recursos, será preciso informar ao banco por meio dos canais divulgados no link fgts.caixa.gov.br. Até 30 de abril de 2020, o correntista consegue reverter o valor à conta vinculada do FGTS.

Pelos cálculos da Caixa Econômica, cerca des 33 milhões de trabalhadores vão receber o crédito automático em conta poupança. A previsão do governo é de que essa iniciativa movimente R$ 30 bilhões na economia ainda este ano. Para o próximo ano, a expectativa é de aquecimento no valor de R$ 12 bilhões.

Vale lembrar que os trabalhadores poderão fazer o saque de cada conta que possuírem no FGTS, sejam ativas ou inativas, do emprego atual ou dos anteriores.

Fonte: ND Mais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *